Prefeitura nomeia 99 aprovados no Concurso da Guarda Civil Metropolitana

Gostou? Compartilhe nas suas redes

A Prefeitura de Campo Grande nomeou 99 guardas civis metropolitanos, que foram aprovados no último concurso realizado para cargos do quadro permanente da GCM de 2020. O Edital n. 51/2020, de 26 de dezembro de 2022, formalizou 15.330 inscritos, o maior da história deste certame. Com a nova nomeação publicada em Diogrande desta terça-feira (25), já são quase 200 novos guardas convocados só em 2023.

Assim como a turma empossada no fevereiro de 2023, os agentes passaram por seis fases, sendo a última com duração de quatro meses e intensa programação técnica-profissional para disponibilizar capacitação adequada e que atenda a todos os requisitos legais e administrativos para o ingresso na carreira da Guarda Civil Metropolitana. A formação dos candidatos é realizada pela própria GCM.

Os novos empossados contam com a efetividade do plano de cargos e carreira. A Lei Complementar n. 358, que dispõe sobre a carreira, a organização, o plano de cargos, o sistema remuneratório, o regime de trabalho, e os direitos funcionais da Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande, e dá outras providências, foi aprovada pela gestão municipal em 2019.

A organização da carreira da Guarda Civil Metropolitana tem como pressuposto fundamental a consciência social, o comprometimento com a evolução da comunidade, o uso progressivo da força e o incentivo da participação comunitária, como instrumento para efetivação do processo de desenvolvimento das atividades essenciais da Administração Municipal.

A lei também assegura aos ocupantes de cargo da carreira da Guarda Civil Metropolitana as seguintes garantias: remuneração compatível com as responsabilidades e complexidade das atribuições do cargo, respeitando o teto constitucional remuneratório; revisão anual de vencimentos, na mesma data dos demais servidores do Poder Executivo e evolução funcional na carreira, através de capacitação oportunizada anualmente, para acesso a categoria hierárquica superior.

campaonews

campaonews