Campo Grande libera vacina contra a gripe para toda a população

Campo Grande libera vacina contra a gripe para toda a população
Gostou? Compartilhe nas suas redes

A partir desta quinta-feira, dia 11 de maio, a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), irá liberar a vacinação contra a gripe para toda a população com idade acima de seis meses, seguindo resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB). Até então, o imunizante era aplicado apenas nos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde.

A liberação ocorre diante da baixa procura pelos grupos prioritários e a chegada das temperaturas mais baixas que favorecem a disseminação dos vírus causadores de infecções respiratórias. Desta forma, a oferta da vacina é necessária não só para os grupos prioritários, mas para população geral, visando o aumento de pessoas imunizadas, para tanto uma menor circulação dos vírus e diminuição na sobrecarga dos serviços de saúde.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Veruska Lahdo, a imunização contra a gripe reduz os riscos de infecção, minimiza a carga viral e os sintomas e previne o surgimento de complicações decorrentes da doença, internações e até mortes.

“A vacina da gripe, ofertada pelo SUS, é segura e eficaz. Ela protege a população contra os vírus H1N1 e H3N2 da Influenza A e contra a Influenza B, três formas diferentes de gripe”, pontua.

Ela reforça que as pessoas pertencentes aos públicos prioritários, sobretudo os idosos com 60 anos, gestantes, pessoas com comorbidades e crianças com seis meses a menores de seis anos devem continuar procurando as unidades de saúde para se vacinar.

“É importante destacar que as pessoas pertencentes a estes grupos são mais suscetíveis à doença e, portanto, devem ser vacinadas. Reiteramos que apesar da vacina estar liberada para toda a população, é fundamental que estas pessoas se vacinem”, diz.

Em Campo Grande,  vacinação contra a gripe está disponível  durante a manhã e tarde em mais de 70 unidades básicas e de saúde da família (UBSs e USFs) espalhadas pelas sete regiões urbanas e distritos do município.

De acordo com o último relatório disponibilizado pelo Serviço de Imunização da Sesau no dia 24,  a maior procura foi entre os idosos de 60 anos ou mais. Até o momento, 28.270 pessoas pertencentes a este público foram vacinadas, ou 28,98% do quantitativo populacional estimado em 134,7 mil pessoas.

Os professores do Ensino Básico e Superior, que englobam o público de Trabalhadores da Educação, também continuam entre que mais se vacinaram, com 14,46% de cobertura, e em seguida aparece as Puérperas, com 12,9%, seguido das Gestantes, com 12,12% e os Trabalhadores da Saúde, com 11,08|%.

Na última campanha a cobertura foi muito abaixo do recomendado, que é de pelo menos 90% para cada um dos públicos. Em 2022, apenas 43,4% de todo o público-alvo buscou pela vacinação.

A doença
A gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza que é transmitida através do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar e também por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com a boca, olhos e nariz. A gripe provoca febre, dores no corpo e mal estar. Quem perceber esses sintomas deve procurar um posto de saúde.

Prevenção
Cuidados simples ajudam na prevenção contra a Gripe:

  • Lave as mãos com água e sabão e use álcool gel 70% regularmente, especialmente depois de tocar o nariz e a boca ou superfícies que possam estar contaminadas;
  • Proteja o nariz e a boca. Cubra-os enquanto espirra ou tosse e use lenços descartáveis.
  • Evite tocar a boca e o nariz.
  • Melhore a circulação de ar abrindo as janelas.
  • Evite ficar por muito tempo em locais com grande aglomeração de pessoas.
  • Mantenha hábitos saudáveis: coma e durma bem, além de fazer exercícios físicos regulares.
campaonews

campaonews