Projeto eleva a autoestima e reúne mais de 400 idosos em baile no Parque Jacques da Luz

Projeto eleva a autoestima e reúne mais de 400 idosos em baile no Parque Jacques da Luz
Gostou? Compartilhe nas suas redes

A oportunidade de reviver momentos da juventude foi o que motivou mais de 400 idosos a prestigiar o lançamento do projeto Cultura em Movimento +60, parceria entre a Prefeitura de Campo Grande e o Governo de Mato Grosso do Sul, que tem o objetivo de proporcionar cultura e lazer para as pessoas com idade acima de 60 anos.

Embalados pelo ritmo da banda Lilás, os mais de 400 idosos – segundo levantamento da Guarda Civil Metropolitana –  que frequentam o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos 21 Cras, Centros de Convivência e Centros de Convivência do Idoso da Rede Municipal de Assistência Social, marcaram presença no Parque Jacques da Luz, nas Moreninhas, e dançaram um repertório variado, que variou dos ritmos regionais, sertanejo até flashback.

A abertura do evento contou com a apresentação de bailarinos profissionais da Fundação de Cultura do Estado, que levaram ao palco do Jacques da Luz, apresentações em homenagem a Carmen Miranda, polca paraguaia e um show especial de forró apresentado por um casal inusitado formado por um dançarino e uma boneca de pano.

O ponto alto foi a apresentação da banda Lilás, que tirou todo mundo para dançar, como o aposentado José Oliveira de 81 anos. “Foi uma ideia muito boa esse baile porque a gente aproveita para lembrar de uma época que não tínhamos muita oportunidade”, afirmou.

Frequentadora do Cras Moema, Palmira Santana, 73 anos, contou que não perde um baile. “Eu adoro, faz muito bem para a mente e o coração. Me sinto uma jovem no meio de tanta gente de bem com a vida”, enfatizou.

Presente na abertura, a prefeita Adriane Lopes falou sobre a importância do trabalho em parceria com o governo do Estado e ressaltou os projetos da administração municipal para a Capital.  “Estamos trabalhando para levar melhorias para as sete regiões das cidades e os projetos de cultura também são fundamentais, por isso agradeço essa importante parceria que vai levar alegria e bem-estar para nossos idosos. É uma oportunidade para vocês trocarem experiência e interagir”, frisou.

O secretário de Assistência Social do município, José Mário Antunes agradeceu o empenho das equipes das unidades que levaram os frequentadores do SCFV. “Quero parabenizar a todos pelo trabalho que vocês desenvolvem junto a esse público, proporcionando esse momento de alegria”, disse.

Para a aposentada Regina Aguilar da Silva, 67 anos, do  Cras Vida Nova, o ato de dançar revigora a saúde física. “Achei a ideia maravilhosa porque me sinto muito bem dançando nesses eventos”, concluiu.

O projeto Cultura em Movimento +60 vai levar bailes voltados para os idosos todas às quintas-feiras, em uma cidade do estado com a proposta de proporcionar momentos de lazer.

O diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Max Freitas, destacou as futuras parcerias no setor com a Prefeitura. “Queremos fazer esses eventos em mais regiões da cidade e com certeza com essa parceria vamos fazer muito mais ações”, pontuou.

No próximo dia 18 de maio será a vez da cidade de Rochedo.

Também marcaram presença na abertura do projeto, superintendentes e coordenadores de unidades da SAS, além da subsecretária de Políticas Públicas para as Pessoas Idosas do governo do Estado, Zirlene Barbosa.

campaonews

campaonews