Mais de 800 pessoas participaram da abertura da 1ª Copa Campo Grande de Futebol Society Feminino

Mais de 800 pessoas participaram da abertura da 1ª Copa Campo Grande de Futebol Society Feminino
Gostou? Compartilhe nas suas redes

Teve início no último sábado (3) a 1ª edição da Copa Campo Grande de Futebol Society Feminino. A competição promovida pela Prefeitura de Campo Grande por meio da Fundação Municipal de Esporte (Funesp) conta com a participação de 18 equipes da Capital e do interior do Estado. Mais de 800 pessoas participaram da cerimônia de abertura e acompanharam os dois primeiros jogos, realizados na Praça Esportiva Elias Gadia, na Vila Taveirópolis.

Na primeira partida, o Comercial/SEFAC levou a melhor sobre o Esporte Clube Borussia vencendo pelo placar de 3×1. Em seguida, o Fênix bateu a equipe do Darcy Ribeiro por 3×0. A bola voltará a rolar pela Copa Campo Grande de Society Feminino no sábado, dia 17.

“É com muita alegria que damos início à primeira edição da Copa Grande de Futebol Society Feminino, um evento que, além de estimular a prática esportiva e fortalecer a modalidade, também oferece espaço para que, cada vez mais, nós mulheres ocupemos espaços de destaque em todas as áreas da sociedade”, destacou a Prefeita Adriane Lopes.

Odair Serrano, diretor-presidente da Funesp, exaltou a presença dos times e o fortalecimento do society feminino. “Temos 18 equipes participando dessa primeira edição. Atletas e comissões técnicas absolutamente envolvidas nessa disputa que vai muito além de medalhas, troféus ou premiações em dinheiro. É a construção de um novo olhar para a categoria, não só aqui em Campo Grande, mas em todo o Mato Grosso do Sul, uma vez que a competição conta com times do interior do Estado”.

Gabriela da Silva Bugati, de 25 anos, volante do AD Pantanal, fala da preparação para a Copa Campo Grande de Futebol Society Feminino e da expectativa para a estreia no campeonato. “Estamos muito ansiosas para entrar em campo. Ficamos muito felizes quando soubemos da competição e, desde então, intensificamos os treinamentos para chegarmos nas melhores condições possível. Sabemos da qualidade das adversárias, que enfrentaremos grandes times, mas vamos com tudo para conseguir o melhor resultado”.

Yasmim Custódio, do Comercial/SEFAC, que estreou com vitória, falou da experiência e da classificação para a sequência da disputa. “A vitória foi importante pois, dá moral para o grupo, confiança é algo muito importante. Sabemos que ainda temos muito caminho pela frente, seguiremos trabalhando forte. É um campeonato que, sem dúvida, entrará para o calendário esportivo estadual e queremos colocar nosso nome na história como as primeiras a garantir esse título”.

Alexandre Guimarães, árbitro da competição, destacou também a premiação oferecida às campeãs. “A premiação igualada a do campeonato masculino é muito importante, valoriza a competição, o esporte cresce muito com isso”.

A promoção deste evento tem o objetivo de promover a prática do futebol amador no naipe Feminino, valorizando a realização do esporte nas diversas regiões do município, fomentar a prática do esporte para toda vida como direito do cidadão campo-grandense e favorecer as relações comunitárias entre as participantes, incentivando a responsabilidade social.

No sábado, dia 17, as equipes voltam à campo. Na Praça Esportiva Elia Gadia, às 14 horas, o Ribas do Rio Pardo enfrentará o Água Bonita Futebol Clube. Pouco depois, às 14h50, será a vez de AD Pantanal e AFFI Fioravantes/Sidrolândia ficarem frente a frente. E na partida das 15h40, o After 66 encara o SERC/UCDB.

Também no dia 17, a Praça Esportiva Belmar Fidalgo receberá três jogos. Às 15 horas, o Três Lagoas/SEJUV enfrenta o Mustangs FC, às 15h50 a bola rola para Miami Dade FC e as Panteras e às 16h40, o desafio fica a cargo de Hórus Aquidauna e Club Atlético Santista.

A grande decisão acontecerá no dia 27 de agosto. A campeã geral, a vice-campeã geral e a 3ª colocada geral na fase final receberão troféus, além de premiação em dinheiro. Serão R$ 10 mil para o primeiro lugar, R$ 6 mil para o segundo e R$ 4 mil para o terceiro lugar. O valor da premiação, terá retenção de impostos (Imposto de Renda e Imposto Sobre Serviço). Técnicos e atletas classificadas em 1º, 2º e 3º lugar na fase final também receberão medalhas.

campaonews

campaonews