Projeto de Futsal da Reme completa 20 anos em escola da Capital

Projeto de Futsal da Reme completa 20 anos em escola da Capital
Gostou? Compartilhe nas suas redes

A prática de modalidades esportivas na Rede Municipal de Educação (REME), coordenada pela Secretaria Municipal de Educação (SEMED) através da Divisão de Esporte, Arte e Cultura (DEAC) tem levado alunos a conquistarem medalhas em diversos campeonatos regionais e nacionais, individuais e em equipes.

Neste primeiro semestre, os projetos da DEAC beneficiaram 18 mil alunos em 127 unidades escolares. São mais de 350 professores que oferecem aulas de futsal, vôlei, handebol, basquete, xadrez, tênis de mesa, atletismo, beach tênis, badminton, ginástica rítmica, ginástica artística, capoeira, judô, karatê, luta olímpica, tae-kwon-do, natação e esportes paraolímpicos.

No futsal, por exemplo, o destaque é para a Escola Municipal Padre José Valentim, onde a modalidade completa 20 anos em 2023 e já atendeu mais de 1000 alunos. “Estamos em uma escola organizada e desde sempre treinamos os alunos tanto para os jogos, quanto para a vida, e esse tem sido o diferencial. Também trabalhamos com toda a comunidade. Hoje recebo filhos de ex-alunos que foram atletas no passado conosco e isso significa que criamos um vínculo com a comunidade” pontuou o professor de Educação Física Warley Mateus Ribeiro, que está à frente do projeto na unidade.

Para o diretor da escola Paulo Vitor de Oliveira, o esporte envolve uma série de questões que somam para todos os outros saberes. “O vínculo do esporte com a aprendizagem é muito forte, então, fazemos esse trabalho em conjunto com a coordenação, para que o pedagógico e o esporte andem juntos”, concluiu.

O aluno medalhista Luiz Eduardo Sobreira Itakagi, conta que começou a praticar futsal por incentivo da mãe. ”Ela me traz, acompanha o treino e nos dias de jogos ela chama toda família para assistir, isso é muito legal”, disse.

Para a mãe de Luiz, Ana Paula Leal Borges, o filho passou a ter menos ansiedade após começar a treinar futsal. “Ele era muito ansioso, e depois de um tempo no esporte ele passou a ficar mais tranquilo e organizado”, frisou.

Já o aluno Thales da Silva ressaltou a importância de saber ganhar e perder. “No primeiro campeonato que participamos nós perdemos, mas depois treinamos mais e conseguimos ganhar outros campeonatos, faz parte”, finalizou.

O chefe da Divisão de Esporte, Arte e Cultura, Wilson Lands, destaca que o projeto é uma oportunidade para os alunos se desenvolverem. “O futsal é a maior modalidade de alunos participantes, e a retomada pós pandemia, tornou a prática esportiva essencial”, concluiu.

A EM Padre José Valentim foi a única que ganhou duas medalhas na modalidade na 46ª edição dos Jogos Escolares da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande (Jeres 2023), sendo uma medalha de prata para o futsal feminino e uma de bronze para o futebol masculino.

campaonews

campaonews