Educação de Campo Grande realiza 26 ações no primeiro semestre do ano e lança concurso para professores

Educação de Campo Grande realiza 26 ações no primeiro semestre do ano e lança concurso para professores
Gostou? Compartilhe nas suas redes

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) de Campo Grande, realizou 26 ações no primeiro semestre de 2023, conforme balanço apresentado na tarde desta terça-feira (1º) e ainda anunciou  concurso público com 323 vagas para professores. O último foi realizado há sete anos.

As ações desenvolvidas englobam o pedagógico, a infraestrutura e a valorização dos recursos humanos. Único no Brasil, a Reme (Rede Municipal de Ensino) desenvolveu durante os primeiros seis meses, o Aprender Mais na Reme, projeto voltado aos alunos do 5º ano, com dificuldade na alfabetização e letramento. Houve também o lançamento do programa Juntos Pela Escola, que é a revitalização das 205 unidades escolares e investimento de R$ 40 milhões.

Presente durante a prestação de contas, a prefeita Adriane Lopes destacou que o projeto Aprender Mais na Reme é único no Brasil e afirmou que a educação é prioridade na gestão. “Temos projetos copiados, como exemplo o Escola Mais Segura, com o aplicativo que aciona a Guarda Civil Metropolitana, com atendimento rápido na unidade escolar que precisar de atendimento. Queremos a inovação dentro da Reme, chega de planejamento de aula em papel, vamos digitalizar tudo, com planejamento e diário on-line”.

Dentre as ações, o destaque vai também para o simulado Reme, para balizar as políticas públicas de educação. Um dos destaques mostrado pelo secretário de Educação, Lucas Henrique Bitencourt, é que o ano letivo começou com 100% dos professores lotados. “Antes, era comum professor começar a lecionar em março, mas essa realidade mudou este ano”. Outro destaque são os 2.466 servidores administrativos contratados no primeiro semestre deste ano, por meio de processo seletivo.

Após a apresentação do balanço, a chefe do executivo municipal ainda anunciou o lançamento do Concurso Público para o magistério. “São oito anos sem concurso para a área, nós buscamos uma caminho para isso vamos lançar o edital este mês, dando andamento escolhendo a empresa dentro do projeto do município”.

A diretora da EMEI Georgina Ramos, Lucinéia Rios, esteve presente na prestação de contas e elogiou os feitos do primeiro semestre. “As ações são positivas e Campo Grande ensejava por isso. Em um único semestre, a gestão desenvolveu muitas coisas em benefício aos alunos e servidores. A prefeitura nos deu autonomia com o programa Juntos Pela Escola e isso significa a valorização do nosso trabalho e suporte aos estudantes”.

Conforme a diretora da Emei (Escolas de Educação Infantil) Juracy Galvão, Maria Aparecida dos Santos, este ano está sendo de ganhos para a educação. “Estou há 20 anos na Reme e nunca as decisões foram tomadas em conjunto com diretores e Semed e isso tem acontecido. É gratificante fazer parte da equipe, estamos avançando muito”.

campaonews

campaonews